Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

Gary Hunt

Reino Unido

Gary Hunt

Reino Unido

Introduzindo o melhor cliff diver do mundo – um homem, com medo de alturas. "Estou tão habituado a avaliar alturas e a tentar perceber quantas rotações e piruetas consigo fazer que não consigo imaginar a sensação de saltar para algo desconhecido, onde não exista água por baixo, mata-me de medo." Quando chega a altura de saltar de alturas equivalentes a seis autocarros de dois andares – mantendo o estilo britânico – o hexacampeão da World Series consegue gerir e superar o fator medo e tornar os saltos mais complicados parecerem fáceis.

Apaixonado por malabarismos e estudante de Matemática há uns anos, aqui estão os números da sua carreira sem igual na World Series: 28 vitórias e 51 pódios em 59 competições – não falhou uma única etapa. Os seis melhores scores num único evento são da sua autoria, seguido pelo russo Artem Silchenko. É também autor do salto mais difícil da história – três rotações frontais e quatro piruetas e meia em menos de três segundos, é apelidado de 'double in, double out'. "Estou sempre a tentar bater recordes e a inovar a modalidade, portanto é isso que me faz superar os meus limites." Em oito anos de World Series, Gary ganhou o título seis vezes.

Esta lista podia continuar com o recorde de mais pódios consecutivos (21) e mais vitórias consecutivas (6), mas o saltador de 33 anos é mais do que apenas um atleta brilhante. Para além da Matemática, foi a Criminologia que lhe captou o interesse académico; é também um excelente pianist, apesar de não o reconhecer e faz malabarismos como se fosse professional. Mais do que qualquer outra qualidade, Gary Hunt é humilde, descontraído e consegues ter com ele uma grande conversa sobre qualquer assunto como se de um irmão se tratasse.