X

Dublin

12 Maio

Beirute

14 Jul

Mostar

24 Ago
Anterior

Bilbau

14 Set

Hunt e Iffland são os reis do Red Bull Cliff Diving

Gary Hunt and Rhiannan Iffland
Data: 23/09/2018

Gary Hunt e Rhiannan Iffland estiveram no seu melhor ao bater as fortes prestações dos seus adversários rumo ao título na última etapa do Circuito Mundial Red Bull Cliff Diving 2018, em Polignano a Mare, Itália. Ao passo que Hunt conquistou o seu sétimo título, Iffland tornou-se a mulher mais bem sucedida da história do desporto ao conquistar o hat-trick de títulos em frente a 70 mil fãs apaixonados.

Steven LoBue, que liderou a classificação durante a grande maioria da temporada, terminou em segundo lugar na etapa e no Circuito Mundial. Jonathan Paredes, campeão em 2017, terminou em terceiro na costa do Adriático e fechou também o pódio na classificação geral. Nas mulheres, as rivais de Iffland foram incapazes de encontrar a sua melhor forma, com Adriana Jimenez a terminar em quarto na etapa e a cair para segundo no campeonato. Lysanne Richard foi segunda classificada em Polignano a Mare e assegurou o bronze no Circuito Mundial.

dt_180923_rbcdita_iffl_9865_5.jpg
Rhiannan Iffland salta em Polignano a Mare rumo ao seu terceiro título do Circuito Mundial. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

A agora tricampeã tinha deixado a mensagem de que vinha para lutar no primeiro dia de competição, assumindo a liderança ao final de duas rondas com um salto da plataforma dos 21m que quebrou o recorde de pontuação. Onze vitórias em 17 etapas não foram suficientes para a sensação do cliff diving, que esta época também conquistou o recorde de pontuação na competição feminina.

"Nem tenho palavras", disse Iffland. "Ainda não assentou. Sabia que tinha de fazer uma competição consistentemente boa. Sabia que tinha de dar tudo. Era tudo o que estava na minha cabeça: ir para a plataforma, ser eu mesma e fazer o que sei fazer. Acho que foi uma jogada inteligente passar o meu salto mais difícil para ontem, para que tivesse mais energia hoje. O público e a atmosfera aqui hoje encheram-me de energia de qualquer das formas, estou super entusiasmada. Adoro este lugar, é uma das minhas etapas favoritas e é muito especial estar na plataforma e ver todas estas pessoas apaixonadas pelo desporto."

Com duas vitórias e um segundo lugar em cinco eventos, Jimenez repetiu a classificação geral de 2017. Após ter regressado de lesão mais forte do que nunca, a vencedora da etapa da Suíça Lysanne Richard conseguiu fechar o top 3 feminino.

dt_180923_rbcdita_hunt_8354.jpg
70 mil fãs viram Gary Hunt a assegurar o seu sétimo título em 10 temporadas. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

A competição masculina foi igualmente entusiasmante, com Hunt a emergir vitorioso das águas do mar Adriático pela 34ª vez em 72 competições. O 'britânico brilhante', que redescobriu a magia com a qual conquistou seis títulos ao vencer as últimas três etapas de seguidas, estava empatado com o rival LoBue após duas rondas. O homem recorde demonstrou ter nervos de aço e conseguiu executar dois saltos opcionais de forma quase perfeita, superando os restantes candidatos ao título.

"É algo estranho. Eu proíbo-me de imaginar este momento. Depois do que aconteceu no ano passado eu disse a mim mesmo que tinha de aceitar o que viesse aí, se viesse, pelo que estou muito, muito feliz por estar a viver este momento. Esta época lembrou-me do quanto eu amo este desporto. Esta é sem dúvida a minha vitória mais especial. A estrada que percorri neste inverno foi muito dura e fez-me questionar o porquê de estar a fazer isto e se queria fazer isto. Tive uns resultados duros no início. Aprendi muito sobre mim este ano e por essa razão foi muito especial.

ra_180923_rbcdpol_priz_4137.jpg
Os orgulhosos campeões mostram os seus troféus King Kahekili na água do Mar Adriático. Foto: Romina Amato/Red Bull Content Pool.

Paredes, que não fez o terceiro salto, terminou o seu oitavo ano no Circuito Mundial em terceiro lugar enquanto LoBue, Campeão do Mundo da FINA de saltos de grande altura, conseguiu o segundo lugar na classificação geral, o seu melhor resultado na competição de sempre.

O último evento da temporada também decidiu quem se qualifica automaticamente para a competição de 2019. Nos homens, é o top 4 do Circuito Mundial mais David Colturi, a quem se aplica a política de lesões; nas mulheres, são também as quatro melhores do Circuito que têm o lugar assegurado para o próximo ano.

Para completar a lista permanente de 2019, um lugar masculino e um lugar feminino serão decididos após a Taça do Mundo da FINA, em Novembro. Os restantes lugares, quatro masculinos e um feminino, serão atribuídos de acordo com o Ranking Mundial de 2018.

A décima temporada do Red Bull Cliff Diving foi a mais renhida de sempre. O desporto que combina saltos acrobáticos de plataformas que vão até aos 27m e velocidades de mais de 85 km/h voltou às suas localizações clássicas para comemorar este ano especial, as quais produziram lutas intensas e ajudaram a elevar a competição a um nível completamente novo.

Resultados de Polignano a Mare:

HOMENS
1- Gary Hunt GBR – 418.65pts
2- Steven LoBue EUA – 406.056
3- Jonathan Paredes MEX – 391.35
4- Michal Navratil CZE – 385.40
5- Constantin Popovici (W) ROU – 375.20
6- Andy Jones EUA – 374.75
7- Alessandro De Rose ITA – 365.65
8- Kris Kolanus POL – 360.35
9- Blake Aldridge GBR – 354.10
10- Sergio Guzman (W) MEX – 350.45

MULHERES
1- Rhiannan Iffland AUS – 342.25pts
2- Lysanne Richard CAN – 294.35
3- Yana Nestsiarava BLR – 286.90
4- Adriana Jimenez MEX – 276.55
5- Jessica Macaulay (W) GBR – 268.70
6- Jacquline Valente (W) BRA – 247.75
7- Ginger Huber EUA – 242.90
8- Xantheia Pennisi (W) AUS – 242.10
9- Antonina Vyshyvanova (W) UKR – 240.80
10- Maria Paula Quintero (W) COL – 229.60

Classificação Final:

HOMENS (após 7 de 7 etapas)

1- Gary Hunt GBR – 1010pts
2- Steven LoBue EUA – 950
3- Jonathan Paredes MEX – 790
4- Michal Navratil CZE – 680
5- Andy Jones EUA – 570
6- Kris Kolanus POL – 520
7- Blake Aldridge GBR – 448
8- Alessandro De Rose ITA - 409
9- David Colturi USA - 330
10- Sergio Guzman (W) MEX – 300

MULHERES (após 5 de 5 etapas)

1- Rhiannan Iffland AUS – 830pts
2- Adriana Jimenez MEX – 760
3- Lysanne Richard CAN – 690
4- Jessica Macaulay (W) GBR – 600
5- Yana Nestsiarava BLR – 510
6- Ginger Huber EUA – 320
7- Anna Bader GER – 220
8- Antonina Vyshyvanova (W) UKR – 160
9- Jacqueline Valente (W) BRA – 150
10- Xantheia Pennisi (W) AUS – 110

Vê a repetição de Polignano a Mare

Volta a viver a ação 'on demand' em  www.redbullcliffdiving.com, Red Bull TV, Facebook e Youtube. A Red Bull TV está disponível em smart TVs, consolas, dispositivos móveis e noutras plataformas. Sabe mais em about.redbull.tv