8 etapas confirmadas para 2015

Artem Silchenko a saltar em Possum Kingdom Lake no Texas em 2014
Descobre onde o Red Bull Cliff Diving World Series vai estar em 2015...

Cartagena, na Colômbia é o ponto de partida da época de cliff diving de 2015, com encontro marcado para o mês de abril. O circuito mundial culmina com a 50ª competição desde o seu arranque em 2009, com encontro marcado para a cidade basca de Bilbau, no final de setembro.

Na sua sétima época, o Red Bull Cliff Diving World Series desafia a gravidade e chega a locais icónicos, quer pela sua beleza natural ou pelo contexto urbano, com o objetivo de encontrar um novo campeão, durante oito competições, incluindo três etapas para atletas do setor feminino.

 

2015 CALENDÁRIO

Abril 25 | Cartagena, COLÔMBIA
Maio 17 | La Rochelle, FRANÇA
Maio 30 | Possum Kingdom Lake, Texas, EUA
Junho 20 | Copenhaga, DINAMARCA
Julho 18 | S. Miguel, Açores, PORTUGAL
Agosto 15 | Mostar, BÓSNIA-HERZEGOVINA
Setembro 13 | Polignano a Mare, ITÁLIA
Setembro 26 | Bilbau, ESPANHA

 

As etapas da Colômbia e da Bósnia são as novidades no calendário deste fantástico circuito, em que mais uma vez 10 dos melhores cliff divers do mundo e mais de 4 convidados saltam de uma plataforma colocada a 27m de altura, alcançando velocidades superiores a 85 km/h em menos de 3 segundos. Entre abril e setembro, a competição também irá ter lugar no Texas, França, Portugal, Itália, com uma paragem adicional na Europa, antes do espetáculo final em Espanha.

 

As etapas da Colômbia e da Bósnia são as novidades no calendário do circuito mundial, em que mais uma vez, dez dos melhores atletas do mundo e ainda quatro "wildcards" saltam de uma plataforma colocada a 27 metros de altura, alcançando velocidades superiores a 85 km/hora em menos de três segundos. Entre abril e setembro, a competição passa também pelo Texas, França, Portugal, Itália, Dinamarca, antes do espectáculo final em Espanha.

 

Quando o circuito mundial começar no final de abril, em Cartagena, na Colômbia, será um momento muito especial para uma das maiores lendas deste desporto, Orlando Duque, que terá à sua espera uma grande multidão de fãs para o apoiar. Esta etapa que se realiza no Centro de Convenções, com uma paisagem única para a baía de Las Ánimas, é seguida pelo regresso da competição ao local que detém o recorde de público numa só etapa – La Rochelle, em França. A imponente antiga torre de defesa de São Nicolau eleva-se sobre as águas geladas da Baía da Biscaia, num local em que, no ano de 2013, se verificou uma assistência recorde de mais de 70.000 espectadores! Para a terceira etapa, os atletas vão atravessar o oceano Atlântico aterrando diretamente no Estado do Texas, mais precisamente na Hell´s Gate, no Lago Possum Kingdom. Os dois penhascos que se erguem de uma forma marcante sobre as águas, são o palco para a estreia das mulheres no circuito de 2015.

 

Voltando para a Europa, a quarta etapa terá lugar na Dinamarca, no tecto da Casa da Ópera de Copenhaga mais precisamente – local onde os saltadores impressionaram a plateia no ano de 2013. Os fenomenais monólitos das ilhas portuguesas dos Açores – que irão acolher pela primeira vez na sua história uma etapa feminina – são o spot a partir do qual os atletas desafiam a gravidade até às águas do atlântico, com encontro marcado para julho. No mês de agosto a elite do cliff diving segue para a etapa de estreia de Mostar, na Bósnia, onde é tradição anual de longa data realizar-se uma competição de saltos a partir da sua mítica ponte. Após a remodelação desta antiga ponte, foi uma demonstração de saltos para a água que a reinaugurou, em 2004. Agora é a vez da ponte acolher pela primeira vez o Red Bull Cliff Diving World Series.

 


A penúltima etapa está agendada para o Sul de Itália, em Polignano a Mare, onde os penhascos fazem parte do quotidiano local, uma vez que a vila se situa mesmo junto a um precipício. Recebendo o circuito mundial pela terceira vez após as etapas de 2009 e 2010, os fãs italianos vão poder acompanhar de perto, em meados de Setembro, a consagração da campeã do circuito feminino. Depois da varanda privada de Polignano, a última etapa tem lugar na capital do País Basco. Após o enorme sucesso do ano passado, a ponte La Salve em Bilbau não servirá apenas como plataforma de partida para os últimos saltos da temporada e como local para a cerimónia de entrega do prémio de campeão do circuito, uma vez que será também o palco da 50ª etapa do Red Bull Cliff Diving – tendo como pano de fundo o Museu Guggenheim.

 

No início de fevereiro, os maiores talentos do cliff diving lutaram pelas cinco vagas que estão disponíveis no circuito mais prestigiado desta modalidade, numa competição de qualificação. Isto porque apenas só os melhores atletas têm lugar no Red Bull Cliff Diving World Series de 2015!