Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

Maestros do Cliff Diving prontos para a Etapa Dinamarquesa

Orlando Duque salta em Copenhaga
Homens esperam orquestrar saltos perfeitos na famosa Casa da Ópera de Copenhaga

Quando o penta campeão do Circuito Mundial, o britânico Gary Hunt se lança a partir dos 28m, tudo o que procura é o salto perfeito - cinco notas "10" dos juízes. Apesar de ter estabelecido um novo recorde para o salto mais difícil do mundo durante a etapa de abertura da temporada, o mexicano Jonathan Paredes e o russo Artem Silchenko lideram as classificações no que toca à perfeição dos saltos. A cobertura da Casa da Ópera de Copenhaga é a próxima oportunidade dos saltadores fazerem história e reclamar os seus recordes.

O talentoso mexicano Jonathan Paredes abriu a sua conta esta temporada com uma vitória nos EUA ao completar um salto quase perfeito, recebendo quatro 10s e um 9.5. O mesmo resultado teve Silchenko em Copenhaga no ano de 2013.

Gary Hunt regressa à procura da perfeição na capital dinamarquesa. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

cliff diving está totalmente relacionado com a perfeição. Os juízes procuram elevações altas da plataforma, execução das manobras com qualidade e uma suave transição para a posição vertical de entrada na água, com os braços ao longo do corpo.

These supreme acrobatic skills have earned 32-year old Artem Silchenko, overall winner in 2013, the second highest number of wins in the World Series (10), while Jonathan Paredes has two victories to his name despite the fact that his dives accumulate the lowest difficulty in the whole Series. The Russian and 'brilliant Brit' Gary Hunt know how it feels to win in Denmark, but Jonathan Paredes comes with the confidence of the season's first winner.

O domínio destas skills levaram Artem Silchenko, vencedor do circuito mundial em 2013, a ser o segundo atleta com o maior número de vitórias no circuito (10), enquanto Jonathan Paredes apenas por duas vezes marcou o seu nome na lista de vencedores, mesmo tendo um conjunto de saltos com menor dificuldade do circuito. O russo e Gary Hunt já conhecem o sabor da vitória na Dinamarca, mas Jonathan está lançado com a vitória na primeira etapa da temporada.

A cobertura da Casa da Ópera de Copenhaga será o ponto de partida para a segunda etapa da temporada. Foto: Esben Zøllner Olesen/Red Bull Content Pool.

São esperados milhares de espectadores para acompanhar os saltos dos 14 homens, incluindo quatro saltadores com wildcard.

Clica aqui para conheceres melhor os saltadores que vão competir em Copenhaga, Dinamarca.

Wildcards: Alain Kohl (LUX), Alessandro De Rose (ITA), Kris Kolanus (POL), Kyle Mitrione (EUA).

Classificações (após 1 de 9 etapas):
1. Jonathan Paredes, MEX – 200pts.
2. Blake Aldridge, GBR – 160
3. Michal Navratil, CZE – 130
4. Gary Hunt, GBR – 110
5. Alessandro De Rose (W), ITA – 90
6. Orlando Duque, COL – 70
7. David Colturi, EUA – 60
8. Artem Silchenko, RUS – 50
9. Andy Jones, EUA – 40
10. Kris Kolanus (W), POL – 30
11. Steven LoBue, EUA – 20
12. Kyle Mitrione (W), EUA – 10
13. Miguel Garcia (W), COL – 9
14. Sergio Guzman, MEX – 8

Transmissão em Direto

O evento será transmitido em direto no dia 18 de junho desde as 12.20 PM UTC em www.redbullcliffdiving.com e na Red Bull TV. A Red Bull TV está disponível em Smart TV's, consolas de jogos, dispositivos móveis, entre outros. Sabe mais em about.redbull.tv.

Se não conseguires acompanhar o evento em direto, a repetição irá estar disponível "on demand" alguns minutos depois do final do evento.

Nos EUA a repetição está bloqueada devido ao acordo televisivo com a FOX Sports.