Mergulhando: Orlando Duque

Orlando Duque
A lenda do Cliff Diving dá conselhos ao seu eu mais novo antes do início nova temporada

Orlando Duque é uma lenda deste desporto e, durante duas décadas, esteve no topo dos melhores mergulhadores/divers. Agora, aos 42 anos, Duque está a preparar-se para outra temporada do Red Bull Cliff Diving World Series. Antes do início, a 24 de Junho em Inis Mór, na Irlanda, o colombiano começou uma série de blogs com as suas cartas a aconselhar o seu eu mais novo.

Tu vais apreciar a vida muito mais do que possas imaginar e o mergulho vai fazer parte disso desde o início.

Com 10 anos, vais fazer vários desportos, futebol maioritariamente, porque sempre foi o rei na Colômbia, mas depois vais ver o mergulho na piscina local e vais interessar-te.

Vais tentar e a partir do momento em que mergulhares na água sozinho, vais adorar. Mas, atenção, concentra-te e aprende tudo o que conseguires.

Eu sei que todos os teus pensamentos, quando estiveres a ter estas primeiras lições, serão nos últimos 15 minutos, em que te é permitido fazer tudo aquilo que gostas, soltares-te e divertires-te na água.

Mas ouve, presta atenção àquilo que ouvires. Tu pensas que estarás a fazer a aula apenas para esses 15 minutos gloriosos, mas as coisas que antecedem esse momento... São importantes.

Esses 15 minutos também são importantes, porque vão ensinar-te a ser livre, vão dar-te a mentalidade do cliff diving e um pouco da loucura de que precisarás para competir a um nível de topo mais tarde na tua vida.

"A partir do momento que mergulhas pela primeira vez na água, vais adorar isso" Photo: Tomislav Moze/Red Bull Content Pool.

A questão é que um ano após esses primeiros mergulhos, estarás a ganhar medalhas de ouro, prata e bronze em competição e o teu treinador continuará a dizer-te que, se prestares atenção, poderás ser bastante melhor. Ele tem razão e, depois começarás, a ganhar tudo.

As pessoas dirão que o mergulho não é digno de uma carreira. Claro que não. As pessoas não fazem isso. Tu vais aspirar a um trabalho adequado. Diz às pessoas, e pensa nisso também, que o mergulho é algo que apenas fazes para te divertires.

Então, em vez disso, tu estudarás, trabalharás arduamente e irás para a universidade. Isto também é importante.

É uma universidade pública e na Colômbia isto significa que estudas um pouco, há uma greve e paras, começas novamente, estudas mais um pouco, depois haverá outra greve e assim por adiante.

Não terás dinheiro para uma universidade privada, portanto, sentirás muita frustração. Depois, a oportunidade aparecerá para ires para a Europa para te juntares a um show de mergulhos num parque de diversões, num contrato de três anos.

A tua família ficará preocupada, os teus amigos pensarão que te vais juntar a um circo, mas tu irás tranquiliza-los, dizendo que ganharás dinheiro suficiente para pagar uma universidade privada, quando regressares, e estudarás convenientemente.

Mas a verdade é que nunca voltarás a estudar e o mergulho levar-te-á a uma "viagem" que nunca julgarias ser possível.

E, durante todo o tempo, o mergulho far-te-á sentir bem: dos 10 anos até aos 42 anos e, oxalá que durante mais anos, tu adorarás a liberdade de correr e saltar para a água.

"O mergulho levar-te-á a uma 'viagem' que nunca julgarias ser possível." Photo: Romina Amato/Red Bull Content Pool.

Mas, além disso, tu sair-te-ás bem nas competições e, de repente, os patrocinadores irão atrás de ti. Terás de treinar arduamente, mais ainda do que tinhas treinado anteriormente. Farás quatro ou cinco horas de treino por dia e isso é necessário para ganhares.

Quando estiveres no topo da competição, aconteça o que acontecer, o medo estará lá contiigo e fará com que penses sempre duas vezes.

Mas o medo é bom, é a forma da tua mente proteger o teu corpo para que penses duas vezes antes de mergulhar. Contudo, não duvides de que serás sempre capaz de fazê-lo.

Claro que te irás magoar. Farás skydiving em 2011 e, no final, acabarás com um pé partido e, de repente, nessa altura em que te sentias invencível, tudo desaba à tua volta.

O médico dir-te-á, "claro que voltarás a andar outra vez" e que terás uma recuperação completa, mas, depois, perguntarás sobre o mergulho e ele dir-te-á algo como, "eu não tenho tantas certezas quanto ao mergulho". Essa será a pior notícia.

Nessa altura, estarás a atravessar o melhor momento da tua carreira e, de repente, bam, virá a notícia de que possivelmente poderás nunca voltar a mergulhar.

Sê paciente, pensa que tudo irá correr bem. Levarás um ano e meio para voltar ao topo e ganhares o World Championship, em 2013. Tudo aquilo para o qual trabalhaste e viveste voltará e tudo ficará bem.

E, mesmo quando tiveres 42 anos, continuarás a competir e a estar no top 10 no mundo e, mesmo assim, não te irás retirar.

Tu quererás continuar pelo menos mais dois anos, mas nunca te vais afastar do mergulho em sentido nenhum. Terás sempre aquela necessidade de saltar para a água... Isso nunca te irá largar.

Vê o Orlando em DIRETO desde Inis Mór

Este evento estará em DIRETO, no dia 24 de Junho a partir das 12.00 (horas locais, 11.00 GMT) em www.redbullcliffdiving.com, Red Bull TV e Facebook. A Red Bull TV está disponível em Smart Tv's, consolas de jogos, aparelhos móveis e outros. Sabe mais em about.redbull.tv

Se perderes o evento ou simplesmente quiseres ver toda a ação novamente, a repetição estará disponível on demand alguns minutos após o fim da ação.