Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

Campões em título preparam-se para reconquista em Mostar

Gary Hunt
Hunt e Iffland regressam a Stari Most com uma mão no troféu King Kahekili

Quando a elite do cliff diving regressar à história Stari Most, em Mostar, para a penúltima etapa do Circuito Mundial, a 24 de agosto, o palco estará montado para mais um pedaço de história nesta desafiante localização. Os campeões em título, Gary Hunt e Rhiannan Iffland, têm assinado uma temporada sensacional e estão bem perto de assegurar novo título já em Mostar, onde a tradição de saltar data de séculos. Para aqueles que estão em busca de se qualificar para o Circuito Mundial Red Bull Cliff Diving de 2020, a batalha fica mais apertada já que apenas os quatro primeiros de cada categoria garantem um lugar automático.

Desde que Hunt fez o salto perfeito em Beirute, Líbano, e se tornou o primeiro homem a receber um pleno de notas 10 desde o início do Circuito Mundial, em 2009, que as expectativas do britânico aumentaram. O atleta de 35 anos venceu os Campeonatos do Mundo de High Diving da FINA, na Coreia do Sul, pode conquistar o seu 8º título do Circuito Mundial com uma terceira vitória consecutiva em Mostar.

ap-1zxtkqz5h1w11_news_1.jpg
Gary Hunt tem estado imperial ao longo de toda a temporada. Uma nova vitória pode valer-lhe um novo título. Foto: Dean TremlRed Bull Content Pool.

Enquanto o antigo campeão Jonathan Paredes, vencedor da etapa de estreia em Mostar, em 2015, se encontra num seguro segundo lugar, Andy Jones e Michal Navratil não podem falhar a etapa da Bósnia e Herzegovina, a não ser que queiram uma luta a quatro pelo tão importante quarto lugar.

Em perseguição estão David Colturi e Steven LoBue, assim como o medalhista olímpico Oleksiy Prygorov. Ainda com chances estão o wildcard Catalin Preda, que fez um pódio na sua primeira participação no Circuito Mundial, em Stari Most, 2018, e Constantin Popovici, que regressa à plataforma de 27m após lesão e pode apimentar a competição.

Nas mulheres está igualmente renhido no que toca a assegurar um lugar para 2020. Atrás da ainda invicta campeã, Iffland, Yana Nestsiarava, Jessica Macaulay e Lysanne Richard detém os lugares de qualificação à entrada para a fase final.

Até agora, a temporada de 2019 tem sido perfeita para Iffland, que venceu todas as etapas da competição. Em Mostar, porém, a australiana de 27 anos tem de quebrar o enguiço de nunca ter vencido em Stari Most se quer manter-se invicta. Será que é desta que outra mulher conseguirá vencer esta temporada? Ou conseguirá Iffland superar-se e agarrar o tetracampeonato a uma etapa do fim?

ap-1zxtv3j111w11_news_0.jpg
Rhiannan Iffland está a duas vitórias de se tornar a primeira atleta em qualquer categoria a vencer todos os eventos de uma temporada do Red Bull Cliff Diving. Foto: Ricardo Nascimento/Red Bull Content Pool

Os olhos também vão estar postos na norte-americana Eleanor Townsend Smart e na saltadora mais jovem da história do circuito, Maria Paula Quintero. A colombiana conta com um segundo lugar em Itália e encontra-se em sétimo lugar, atrás da americana. Com uma boa prestação em Mostar, Townsend Smart e Quintero podem aumentar a pressão sobre o top 4.

Desde o século XVII que saltar competitivamente da ponte é tradição em Mostar. Quando os cliff divers regressarem à Stari Most, darão continuidade à tradição e saltarão por glória, pontos e um lugar na história da ponte.

Vê em direto de Mostar

Este evento vai ser transmitido em DIRETO no dia 24 de agosto, às 13h30 de Portugal Continental, em www.redbullcliffdiving.com, Red Bull TV, Facebook e Youtube.

A Red Bull TV está disponível em smart TVs, consolas, dispositivos móveis e noutras plataformas. Sabe mais em about.redbull.tv