Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

Recordes marcam vitórias de Iffland e Hunt nos Açores

Rhiannan Iffland and Gary Hunt
Os campeões em título emergiram vitoriosos de Portugal e Paredes voltou a somar notas 10

Mais uma vez, Gary Hunt e Rhiannan Iffland. Os campeões em título venceram o Red Bull Cliff Diving Açores e aumentaram o seu domínio na classificação geral do Circuito Mundial. Para Iffland, esta foi a quarta vitória consecutiva em quatro eventos esta temporada, um novo recorde na categoria feminina. Hunt, por sua vez, teve de estar no seu melhor para derrotar um valente Jonathan Paredes, que bateu um recorde que há muito perdurava ao somar seis notas 10 ao longo do fim de semana. O próprio Red Bull Cliff Diving quebrou um recorde nos últimos dias: esta foi a oitava vez consecutiva que a competição se realizou no Ilhéu de Vila Franca do Campo, o que faz da etapa portuguesa a mais antiga do circuito. 

Iffland, que começou a semana com um 10 no primeiríssimo salto dos 21 metros, conseguiu dar continuidade à sua forma imparável apesar das perturbações causadas pelo mau tempo na quarta etapa da temporada. Tal como aconteceu há três semanas em Polignano a Mare, a australiana dominou do início ao fim, vencendo por uma impressionante margem de 22 pontos de Jessica Macaulay, 2ª classificada, e Lysanne Richard, 3ª.

"Eu não queria pensar no recorde até que o evento tivesse terminado", disse Iffland. "Agora que está feito posso celebrá-lo. Venci os quatro primeiros e acho que agora posso estar um bocado mais relaxada, mas ainda tenho objetivos por atingir. Há mais três eventos e tudo pode acontecer, por isso vai ser sempre a abrir até ao último salto do último evento."

Rhiannan Iffland voltou a ser rainha das rochas e plataformas no Ilhéu de Vila Franca do Campo. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.
Rhiannan Iffland voltou a ser rainha das rochas e plataformas no Ilhéu de Vila Franca do Campo. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

Para Hunt, esta não foi o percurso tranquilo que fez em Itália, onde venceu por uma incrível margem de 50 pontos. Desta feita, o britânico foi levado ao limite por Paredes, que começou e terminou a competição com três 10s, estabelecendo assim um novo recorde para o maior número de notas 10 conseguidas numa etapa. O anterior recorde, cinco 10, era, precisamente, de Hunt.

O feito de Paredes põe em perspectiva os nervos de aço que Hunt teve de ter para sair vencedor do Ilhéu de Vila Franca do Campo. Apesar de estar feliz por entrar na segunda metade da época com uma grande prestação, Jonathan certamente se estará a perguntar que tem de fazer para conseguir bater o seu grande rival esta temporada. Apenas três pontos os separaram no final, com Andy Jones a terminar um pouco mais longo, em terceiro, nos Açores.

A perfeição não chegou para Jonathan Paredes vencer nos Açores. Foto: Romina Amato/Red Bull Content Pool
A perfeição não chegou para Jonathan Paredes vencer nos Açores. Foto: Romina Amato/Red Bull Content Pool

"A razão pela qual pus o triple quad no final foi porque sabia que o conseguia fazer sob pressão", disse Hunt. "Já estive nesta situação antes e sabia que o Jonathan ia pôr pressão mesmo até ao final, por isso sentia-me confortável com isso."

"Vou deixar-me levar por esta maré de confiança. A melhor coisa que podes trazer para uma competição é confiança e no ano passado definitivamente não a tinha desde o início. Tive de a ganhar e ainda estou nessa maré."

Na classificação geral, é este trio que lidera, com Hunt muito acima de Paredes e Jones, que se encontram empatados em 2º lugar. Nas mulheres, Iffland é força dominante, liderando confortavelmente sobre Richard e Macaulay.

Andy Jones, Gary Hunt e Jonathan Paredes celebram no pódio masculino. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.
Andy Jones, Gary Hunt e Jonathan Paredes celebram no pódio masculino. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

Depois de um dia recheado no Anel de Princesa, onde os atletas tiveram de fazer três saltos ao invés dos habituais dois devido ao mau tempo de sexta-feira, a elite do cliff diving vai viajar para uma nova localização, em Beirute, no Líbano. A meio de julho, 24 atletas vão mais uma vez saltar das rochas e das plataformas.

Vê a repetição do Red Bull Cliff Diving Açores

Revive toda a acção 'on demand' em www.redbullcliffdiving.com, Red Bull TV, Facebook e Youtube.

A Red Bull TV está disponível em smart TVs, consolas, dispositivos móveis e noutras plataformas. Sabe mais em about.redbull.tv