Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

O regresso às vitórias de Hunt e Richard em Sisikon

Gary Hunt and Lysanne Richard
Os vencedores e as dificuldades à frente de milhares de fãs na Suíça

O hexacampeão inglês, Gary Hunt e a canadiana mãe de três filhos, Lysanne Richard, voltaram às vitórias na quarta etapa da World Series de 2018, pondo 12 meses difíceis para trás das costas.

Hunt, que enfrentou a primeira crise da sua carreira devido a um bloqueio mental, voltou aos seus famosos twists e venceu, deixando o mexicano, Jonathan Paredes em segundo lugar e o americano,  Andy Jones em terceiro, enquanto Steven LoBue (EUA) , que estava a perseguir o hat-trick, só conseguiu conquistar o sexto lugar no Lago Lucerne.

Richard, que falhou toda a temporada de 2017 devido a uma lesão no pescoço, tirou motivações da conquest do terceiro lugar em Portugal, para vencer a prova na Suíça, deixando australiana, Rhiannan Iffland em segundo e a wildcard britânica, Jessica Macaulay em terceiro. Tudo isto à frente de milhares de fãs.

O britânico de 34 anos, fez jus ao seu nickname e mostrou que continua a ser o rei dos twists quando saltou da plataforma de 27 metros, ficando à frente de Paredes, o homem que lhe roubou o título na época passada. O campeão em título ficou perto da vitória com uma execução quase perfeita do seu salto final. O inglês tem agora 31 vitórias nas 69 competições em que participou, repetindo a vitória de 2010 nesta localização.


"Este não é o velho Gary Hunt," disse o britânico. "Hoje fui um homem diferente, o Gary 2.0. Estou feliz por ter conseguido fazer o que fiz. Deixei a competição muito renhida e o Johnny quase levou o primeiro lugar. Estou muito feliz por estar de volta ao topo do pódio."


"Quando tens um bloqueio mental, ele nunca desaparece, tens de aprender a lidar e a viver com ele. Eu não resolvi o problema em definitivo, mas cresci com ele. Ainda tenho de trabalhar mais nos meus twists, mas hoje foi a consagração de um trabalho de recuperação bem feito."

dt_180805_rbcdswi_hunt_6585.jpg
Gary Hunt redescobriu a magia dos seus twists, conquistando a primeira vitória em 11 meses. Fotografia: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

Com uma execução pobre do seu Back Triple-Triple, LoBue perdeu a seu oportunidade de se tornar o terceiro homem a conseguir um hat-trick na história da World Series. O seu compatriota americano, Jones, pôs para trás uns meses difíceis marcados por lesões e garantiu o terceiro lugar do pódio.


Nos valores globais, LoBue ainda se encontra na liderança, enquanto que Paredes subiu do quinto para o segundo lugar e Hunt passou de oitavo para terceiro.


No feminino, foi a atleta de 36 anos, Richard, que levou a sua terceira vitória na World Series com um salto inacreditável da plataforma dos 21 metros, depois de um ano de incerteza quanto ao futuro na competição. Uma lesão no pescoço não lhe permitiu treinar, muito menos competir, na época de 2017. A canadiana teve alguma ajuda de Iffland, que teve um a prestação medíocre no seu último salto. A wildcard britânica, Macaulay, volta ao pódio pela segunda vez em quatro etapas.


"Foi incrível ganhar aqui hoje," disse Richard. "Ainda não consegui parar de chorar. Estou muito emocionada pelo apoio que tive na recuperação. Só estar de voila já é uma vitória. Hoje tive muita sorte, a competição correu bem e estou mesmo muito agradecida a todos os que me ajudaram a recuperar."

ra_180805_rbcdswi_priz_7615.jpg
Lysanne Richard celebra a sua vitória. Fotografia: Romina Amato/Red Bull Content Pool.

Da idílica vila de Sisikon no coração da Suíça, os atletas masculinos seguem para Copenhaga, onde vão mostrar, mais uma vez, que fazem magia no ar.

Vê a repetição da etapa de Sisikon

 

Volta a viver a ação da quarta etapa em www.redbullcliffdiving.com, Red Bull TV, Facebook, Youtube e Twitch.A Red Bull TV está disponível em Smart TVs, consolas e dispositivos movéis. Descobre tudo em about.redbull.tv

Se perdeste a etapa ou simplesmente queres viver a melhor ação, a repetição estará disponível alguns minutos depois do evento.