Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

Satisfação pura para Hunt e Iffland nos Açores

Comemorações de pódio
O britânico e a rookie levaram a vitória no spot mais puro de cliff diving

Gary Hunt vence pela segunda vez consecutiva com um esclarecedor triunfo nos Açores, superando o norte-americano Andy Jones, no segundo lugar, e o mexicano Jonathan Paredes em terceiro. No evento feminino, a australiana wildcard Rhiannan Iffland continua a impressionar tudo e todos com duas vitórias em dois eventos, após o sucesso noTexas. A canadiana Lysanne Richard assegurou osegundo lugar, com a norte-americana Ginger Huber a completar o pódio.

Após a sua recente vitória em Copenhaga, à três semanas atrás, e em frente a cerca de uma centena de barcos, Hunt esteve num nível à parte dos restantes competidores nos rochedos portugueses no meio do Atlântico, o que impressiona considereando as condições complicadas para a prática. Enquanto os seus adversários iam tendo dificuldades com as entradas na água, o britânico fez saltos muito precisos, em que as manobras iam sendo bem executadas e as entradas na água praticamente sem "splash". Com esta vitória, o pentacampeão subiu até ao primeiro lugar da classificação do circuito mundial, na frente de Jonathan Paredes, que ficou em terceiro lugar no seu terceiro pódio, após vencer no Texas e ter ficado em segundo em Copenhaga. A voar para a segunda posição e para a sua melhor classificação de sempre, o norte-americano Andy Jones esteve muito consistente durante todo o fim de semana.

 

 Um sorridente Gary Hunt volta à superfície após assegurar mais uma vitória em Portugal. Foto: Predrag Vuckovic/Red Bull Content Pool.

Na competição feminina, a impressionante rookie Rhiannan Iffland continu a desafiar o seu status de wildcard e esteve imparável no caminho para a sua segunda vitória em outras tantas competições, provando que a sua técnica também é muito boa a partir das rochas. Lysanne Richard levou o segundo lugar do pódio com um último salto verdadeiramente incrível que é igualmente o recorde de pontuação num único salto do evento feminino - 104.00 pontos. A experiente Ginger Huber fechou o pódio com mais uma excelente prestação, repetindo a classificação do ano passado.

Hunt e Iffland erguem com orgulho os seus troféus no ilhéu de Vila Franca do Campo. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

O foco vai agora para a etapa francesa, onde os melhores saltadores masculinos regressam à histórica localidade de La Rochelle, onde os recordes de assistência são esperados dando uma grande atmosfera à competição referente à quarta etapa da temporada.

 

Resultados Finais

Masculinos

1. Gary Hunt (GBR) - 540.40
2. Andy Jones (EUA) - 469.10
3. Jonathan Paredes (MEX) - 464.00
4. Orlando Duque (COL) - 462.25
5. Artem Silchenko (RUS) - 450.50
6. David Colturi (EUA) - 441.20
7. Blake Aldridge (GBR) - 438.90
8. Steven LoBue (EUA) - 412.85
9. Kyle Mitrione (EUA) (W) - 296.00
10. Michal Navratil (CZE) - 295.10
11. Sergio Guzman (MEX) - 279.15
12. Kris Kolanus (POL) (W) - 263.50
13. Todor Spasov (BUL) (W) - 258.40
14. Miguel Garcia (COL) (W) - 214.20

Femininos

1. Rhiannan Iffland (W) (AUS) - 251.00
2. Lysanne Richard (CAN) - 245.30
3. Ginger Huber (EUA) - 241.00
4. Helena Merten (AUS) - 231.50
5. Yana Nestsiarava (W) (BLR) - 216.50
6. Cesilie Carlton (EUA) - 213.25
7. Rachelle Simpson (EUA) - 196.90
8. Adriana Jimenez (MEX) - 181.30
9. Jaki Valente (W) (BRA) - 181.30

Repetição do Direto

A repetição do direto do evento dos Açores está disponível em www.redbullcliffdiving.com e na Red Bull TV. A Red Bull TV está disponível em Smart TV's, consolas de jogos, dispositivos móveis entre outros. Sabe mais em about.redbull.tv