Silchenko vence, mas Hunt é o campeão

O pódio dos vencedores do Red Bull Cliff Diving World Series em Bilbao.
O britânico Gary Hunt assegura o título do World Series em um dia dramático em Bilbao.

A sexta parada do Red Bull Cliff Diving World Series, em Bilbao, foi vencida pelo russo Artem Silchenko. Mas o segundo lugar de Gary Hunt foi o suficiente para garantir ao britânico que ele reconquistasse o título que perdeu para o russo em 2013. Kris Kolanus, que rapidamente melhorou sua performance, completou o pódio, sua primeira vez entre os três primeiros em uma competição do mundial. Foram quatro rodadas de saltos a 27 metros de altura em um fim de semana inesquecível em Bilbao.

Muito sol, pancadas de chuvas e um ou dois trovões sobre o cenário do Museu Guggenheim de Bilbao, que em condições normais já é dramático, tornaram o evento verdadeiramente espetacular. O espetáculo foi assistido por milhares de espectadores às margens do Rio Nérvion, sob a ponte de La Salve.

PARA AS PONTUAÇÕES SALTO A SALTO E PARA AS CLASSIFICAÇÕES, ACESSE A PÁGINA DE RESULTADOS DO REDBULLCLIFFDIVING.COM.

Uma multidão apaixonada pôde assistir a saltos de três segundos de tirar o fôlego. Foram 14 atletas competindo em uma série de rodadas enquanto tentavam fazer saltos perfeitos e tirar dos juízes as melhores pontuações. Os oito atletas com as melhores pontuações foram para a final. Artem Silchenko, que foi melhor que Gary Hunt na 2ª rodada, foi o último a saltar e conseguiu terminar na frente do seu rival, com 522.40 pontos contra 501.80. O destaque no seu repertório de quatro saltos foi uma execução incrível de um back armstand com uma entrada cega.

Hunt, o segundo lugar, teve muito para comemorar. Com a posição, ele garantiu seu quarto título em cinco temporadas, uma parada antes do fim do mundial de 2014.

Os atletas viajam agora para a Península de Yucatán, no México, para a final de 2014, no dia 18 de outubro. A competição ainda vale pontos importantes e a qualificação automática para 2015 ainda pode ser conquistada por pelo menos cinco dos 10 saltadores.

Reações dos três primeiros lugares...

Artem Silchenko (RUS)
"Meu back armstand foi muito bom – consegui um 10 – e estou tão feliz. Minha força está voltando. Eu trabalhei duro na academia e estou voltando ao meu melhor. Quero terminar a temporada com força. A parada final é no México e, antes disso, vou voltar para a Rússia e me preparar. A multidão estava louca e muito apaixonada. Estou feliz e acho que os espectadores também".

Gary Hunt (Reino Unido)
"Estou tão feliz. Cometi um erro em Portugal e nunca me esquecerei. Foi um ano incrível e vai ser um prazer saltar no México sabendo que o título já está garantido. O tempo todo saltei bem, mas então perdi meu salto mais difícil na segunda rodada hoje e me arrependi. Quando subi na plataforma para meu último salto, eu disse para mim mesmo 'pense que essa é a última vez que você vai dar esse salto' e fiquei muito feliz com o resultado. Já ganhei o título antes e não estou no topo do pódio dessa competição, então é perfeito, mas Artem não venceu esse ano então vou deixar que ele tenha isso".

Kris Kolanus (POL)
"É um sentimento incrível estar no pódio. Todo o meu trabalho duro e sacrifícios que fiz estão sendo recompensados. É a primeira vez que eu consegui fazer bem todos os meus quatro saltos. Praticamente só tive noves, então estou muito feliz com isso. Preciso treinar minha saída. Quem sabe consigo um dez na próxima competição! Comecei bem devagar esse ano, fiz um salto ruim na Irlanda e foi muito difícil voltar depois daquilo. Mas agora estou muito confiante".