Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Agora
Menu

Colturi salta de um parapente para o Lago Lucerna

David Colturi
A Capela de Tell serviu de fundo ao salto dos 20 metros do americano

Seja onde e como for, David Colturi gosta de desafios. Só isso pode explicar o porquê de o cliff diver americano ter decidido largar as plataformas por um dia e saltar para o Lago Lucerna de um parapente, guiado pela referência do desporto suíça Christian 'Chrigel' Maurer. Com a Capela de Tell como fundo, Colturi deu o mote para aquele que será um fim de semana recheado de saltos acrobáticos em Sisikon, um cenário repleto de paisagens dignas de postal e no qual o Circuito Mundial não aterrava há oito anos.

O parapente planou a 20m da superfície da água para que o americano de 29 anos pudesse fazer o seu salto. A perícia roubou a atenção dos passageiros de um barco a vapor que navegava por perto, que viram no feito de Colturi paralelismos com o salto lendário de Wilhelm Tell, herói do folclore suíço. Reza a lenda que Tell escapou à prisão no século XIV ao saltar de um barco para a base de um penhasco acima da costa do Lago Lucerne. Hoje, a Capela de Tell serve de memorial ao feito destemido.

dt_180731_rbcdswi_colt_maur_3845.jpg
David Colturi salta sob o olhar atento dos passageiros do barco a vapor. Foto: Dean Treml/Red Bull Content Pool.

Para David Colturi, o momento foi especial: "Adoro testar os meus limites e preparar-me para coisas que nunca foram feitas antes. Tem sido uma grande experiência organizar este projeto único que combina o cliff diving e o parapente nos últimos meses e também finalmente executar o salto naquele que foi um grande trabalho de equipa."

No próximo dia 5 de agosto, 24 atletas masculinos e femininos vão protagonizar os seus próprios feitos no Lago Lucerna quando saltarem das plataformas de 27 e 21 metros montadas do outro lado da pradaria de Rütli, o local onde a Suíça foi fundada, em 1291. A etapa de Sisikon, que marca o meio da temporada, vai oferecer experiências completamente novas à maioria dos atletas, visto que apenas Gary Hunt, Orlando Duque e Michal Navratil já competiram na Suíça, em 2009 e 2010.

Do lado dos homens, Steven LoBue é a grande figura de destaque à entrada da competição no Lago dos Quatro Cantões. O americano lidera a classificação do circuito após ter conseguido duas vitórias de seguida, em Espanha e Portugal, algo que o deixa à beira de se tornar apenas o terceiro homem a conseguir um hat-trick no Red Bull Cliff Diving. Os outros dois são Hunt e Duque, que vão tentar fazer uso da sua experiência na etapa para travar o momento de LoBue.

Na competição feminina, que se estreia na Suíça, Adriana Jimenez, vencedora da etapa do Texas, ainda lidera a classificação geral à frente de Rhiannan Iffland, que ganhou e bateu diversos recordes em Portugal. Com três etapas por disputar e duas vitórias repartidas entre ambas nas duas primeiras, a etapa de Sisikon será certamente um ponto fulcral na história da competição feminina do Red Bull Cliff Diving 2018.

Infelizmente, Colturi não vai poder competir na Suíça devido a uma ruptura no baço sofrida enquanto fazia os saltos do parapente. "Ainda que lesões possam acontecer todos os dias no nosso desporto, mesmo depois de muita preparação, é muito infeliz que me tenha acontecido quando me encontrava em tão boa forma, com pódios em Espanha e Portugal", considerou. "No entanto, na minha cabeça já me estou a preparar para regressar à plataforma e disputar a competição."

Queijo, chocolate e cliff diving: Sisikon, nos Alpes Suíços, irá receber a quarta etapa de uma temporada que está a ser bastante entusiasmante e, pela primeira vez, a competição feminina. O regresso à Suíça e ao Lago dos Quatro Cantões promete ser marcante para o Circuito Mundial dada a sua historicidade: foi no país no meio dos Alpes, em 1997, que o Red Bull Cliff Diving nasceu, com o primeiro evento de todos a ser organizado em Brontallo, Ticino.

Vê em direto

Este evento vai ser transmitido em direto no dia 5 de agosto às 13h30 (hora de Portugal Continental) em www.redbullcliffdiving.com, Red Bull TV, Facebook, Youtube e Twitch. A Red Bull TV está disponível em smart TVs, consolas, dispositivos móveis e noutras plataformas. Sabe mais em about.redbull.tv

Se não conseguires ver o evento ou quiseres reviver toda a ação, a repetição vai estar disponível on demand minutos após o fim da competição.